Páginas

sábado, 19 de agosto de 2017

PROGRAMAÇÃO SEMANAL: De 21 a 27 de agosto de 2017

SEGUNDA-FEIRA
Missa na Matriz – 19h

TERÇA-FEIRA
Reunião da Pastoral Familiar – 20h

QUARTA-FEIRA
Missa no Bairro Rural Santa Cruz (Acolhida da Comitiva do Padre Rivaldo) – 19h

QUINTA-FEIRA
Adoração ao Santíssimo – Matriz – das 6h às 16h
Terço da Misericórdia – Matriz – 15h
Missa na Comunidade Santa Rita – 19h
Missa na Comunidade Terapêutica Renascer – 17h
Terço dos Homens – Matriz – 20h

SEXTA-FEIRA
Missa no Bairro Rural Tamanduá – 20h

SÁBADO
Missa na Matriz – 19h
Missa em Baguaçu – 19h30

DOMINGO
Missa na Comunidade Santa Rita – 8h
Missa na Comunidade São Pedro – Jardim Tropical II – 9h
Missa na Matriz – 10h
Missa na Matriz - 19h (Com transmissão pela Rádio Espaço Livre AM)
______________________________________________________

FRASE DA SEMANA: “Quando alimentamos mais a nossa coragem do que os nossos medos... passamos a derrubar muros e a construir pontes!”. Pense nisso e viva melhor!!!

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

ASSUNÇÃO DE NOSSA SENHORA: Glorificação da Mãe!

Maria é a mulher escolhida por Deus para servir de exemplo a todas as mulheres. E, para que elas descubram que a sua dignidade está em ser exemplo de mãe capaz de gerar e educar pessoas humanas com para serem filhos de Deus. E ainda, colaboradores na conservação do mundo criado por Deus e seus representantes no meio de todas as outras criaturas. Este é o exemplo de Maria ao aceitar que o Filho de Deus assumisse um corpo humano em suas entranhas. Desta forma, ela nos manifesta a importância da mãe para a vida dos filhos. Por esta razão, Deus escolheu uma mulher que estivesse disposta a colocar a sua vida para servir o seu povo, seguindo os mandamentos do Criador. A mulher escolhida por Deus é Maria. 

Ela deu-nos a prova de estar sempre aberta para ouvir a Palavra de Deus e de seguir os seus ensinamentos. Prova disto é a passagem onde o anjo Gabriel pediu, em nome de Deus, se ela aceitava doar um corpo humano ao Filho de Deus que queria vir participar da história dos homens. Ela só aceitou depois de ter certeza de que esta era a vontade de Deus, dizendo: "Eis a escrava do Senhor! Faça-se em mim segundo a tua palavra". Neste momento ela começou a ser a mãe do povo de Deus. Assim ela foi mãe de Deus e a mãe dos homens, como todas as mulheres devem ser mães dos homens filhos adotivos de Deus. 

Maria, a partir deste momento, exerceu a sua maternidade universal. Visitando a sua prima Isabel, grávida de seis meses, a sua presença e a presença de Jesus que estava em suas entranhas santificaram a João Batista que pulou de alegria no seio de Isabel que exclamou: "Bendita és tu entre todas as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre!" Acompanhou todos os passos de Jesus, aprendendo com os exemplos e com as palavras do Filho, acompanhou-O em sua paixão e morte na cruz, aceitou quando Ele a proclamou Mãe do seu povo com as palavras: "Mulher, eis o teu filho", O acompanhou na sua Ascensão ao céu e acompanhou o trabalho dos apóstolos. Isto dá-nos a certeza de que Ela nos acompanha em todas as circunstâncias. 

Hoje ao contemplar os anjos que terminada a sua missão na terra a levaram a Maria em corpo e alma ao céu, sendo recebida por Deus e por todos os Seus anjos e santos, e coroada como Rainha de céus e terra. Rainha do céu porque Ela foi escolhida por Deus e Rainha da terra por ser a Mãe do nosso Salvador. O dia da mãe é sempre motivo de alegria, hoje é o dia em que devemos louvar ao Pai pelo carinho que recebemos da Mãe Maria. 

Monsenhor Antonio





sexta-feira, 11 de agosto de 2017

PROGRAMAÇÃO SEMANAL: De 14 a 20 de agosto de 2017

SEGUNDA-FEIRA
Missa na Matriz – 19h

TERÇA-FEIRA
Missa de Abertura do Tríduo da Família – Igreja São José – 19h30

QUARTA-FEIRA
Noite de Louvor e Adoração com as Famílias – Igreja São João – 19h30

QUINTA-FEIRA
Adoração ao Santíssimo – Matriz – das 6h às 16h
Terço da Misericórdia – Matriz – 15h
Missa na Comunidade Santa Rita – 19h
Caminhada e Missa de Encerramento do Tríduo das Famílias
  • Caminhada: 19h00 (Saída: Convento das Irmãs Pequenas Missionárias)
  • Missa: 19h30 – Igreja Nossa Senhora Aparecida

SEXTA-FEIRA
Missa no Bairro Rural Lambari – 20h

SÁBADO
Missa na Matriz – 19h
Missa em Baguaçu – 19h30

DOMINGO
Missa na Comunidade Santa Rita – 8h
Missa na Comunidade São Pedro – Jardim Tropical II – 9h
Missa na Matriz – 10h
Missa na Matriz - 19h (Com transmissão pela Rádio Espaço Livre AM)
Devoção das Mil Ave-Marias – Matriz – 12h
________________________________________________________

FRASE DA SEMANA: “Quando nos preocupamos com as nossas famílias e as suas necessidades, quando entendemos os seus problemas e esperanças, (…) quando se apoia a família, os esforços repercutem-se não só em benefício da Igreja; ajudam também a sociedade inteira!”. Papa Francisco. Pense nisso e viva melhor!!!

19º DOMINGO DO TEMPO COMUM: O Deus invisível!

Uma grande parte da humanidade, inclusive dos que afirmam acreditar em Deus, adoram outros deuses que eles julgam serem mais importantes porque podem atingí-los com os sentidos ou lhes oferecem uns momentos de prazer. Na prática eles colocam o dinheiro, o poder, a vaidade, o prazer, ou outra coisa material por cima do Deus em quem afirmam acreditar. Mas todos estes falsos deuses só podem oferecer-nos a onda de corrupção, de fome, de violência e de morte que todos nós estamos sofrendo. O nosso Deus, por ser Espírito, não podemos apreciá-Lo com os nossos sentidos, porém Ele deu-nos da vida e tudo o que temos, e prometeu dar-nos a paz e tudo o que precisarmos. As leituras deste domingo levam-nos a pensar: 

Na primeira leitura (1Rs. 19, 9-13), encontramos o profeta Elias que, por defender a Javé como o único Deus do povo de Israel, contra as ordens do rei que obrigava a todos a adorar o deus dos pagãos, foge para o deserto e vai descansar numa gruta do monte Sinai. "A palavra do Senhor lhe foi dirigida nestes termos: 'Sai e permanece sobre o monte diante do Senhor, porque o Senhor vai passar. Veio um vento impetuoso e forte que desfazia as montanhas e quebrava os rochedos, mas o Senhor não estava no vento. Depois do vento houve um terremoto. Mas o Senhor não estava no terremoto. Passado o terremoto, veio um fogo. Mas o Senhor não estava no fogo. E, depois do fogo, ouviu-se o murmúrio de uma leve brisa. Ouvindo isso, Elias cobriu o rosto com o manto, saiu e pôs-se à entrada da gruta". Deus não aparece, mas alivia os nossos sofrimentos e refaz as nossas forças. 

No Evangelho (Mt. 14, 22-33), Jesus, depois da multiplicação dos pães, pediu a seus discípulos que entrassem na barca e seguissem à sua frente, para o outro lado do mar, enquanto ele despedia as multidões. Depois subiu ao monte para orar. Pelas três horas da manhã, Jesus veio até os discípulos, andando sobre as águas. Quando os discípulos o avistaram andando sobre o mar, ficaram apavorados e disseram: 'É um fantasma'. E gritaram de medo. Jesus, porém, logo lhes disse: 'Coragem! Sou eu. Não tenhais medo'. Assim que subiu no barco, o vento se acalmou. Os que estavam no barco prostraram-se diante dele, dizendo: 'Verdadeiramente, tu és o Filho de Deus!'" O nosso Deus é invisível, mas nos ajuda a solucionar os nossos problemas. 

Se nós acreditássemos que o nosso DEUS É INVISÍVEL, porém Ele alivia os nossos sofrimentos e nos ajuda a solucionar os nossos problemas, certamente encontraríamos a solução para todos os problemas que nos afligem. 

Sem Deus, menos ainda com deuses falsos, não existe solução.

Monsenhor Antonio





sábado, 5 de agosto de 2017

PROGRAMAÇÃO SEMANAL: De 07 a 13 de agosto de 2017

SEGUNDA-FEIRA
Missa na Matriz – 19h

TERÇA-FEIRA
Sem programação

QUARTA-FEIRA
Reunião da Catequese – Comunidade São Pedro – Jardim Tropical 2 – 19h30

QUINTA-FEIRA
Adoração ao Santíssimo – Matriz – das 6h às 16h
Terço da Misericórdia – Matriz – 15h
Missa na Comunidade Santa Rita – 19h
Encontro Missionário em Guaraci – 19h30

SEXTA-FEIRA
Missa dos Pais no Abrigo São José – 14h
Missa no Bairro Rural Santa Cruz – 20h

SÁBADO
Missa na Matriz – 19h
Missa em Baguaçu – 19h30

DOMINGO – DIA DOS PAIS – INÍCIO DA SEMANA DA FAMÍLIA
Missa na Comunidade Santa Rita – 8h
Missa na Comunidade São Pedro – Jardim Tropical II – 9h
Não haverá Missa na Matriz – 10h
Missa dos Pais na Matriz - 19h (Com transmissão pela Rádio Espaço Livre AM)
_______________________________________________________

FRASE DA SEMANA: “Chique é ser feliz. Elegante é ser honesto. Bonito é ser caridoso. Charmoso é ser grato. Esses são os verdadeiros valores!”. Pense nisso e viva melhor!!!

SOLENIDADE DA TRANSFIGURAÇÃO DO SENHOR

A Igreja convida-nos para celebrar a Transfiguração do Senhor, pela importância que este fato tem para a nossa vida presente, e para nossa vida eterna. Nela, Jesus oferece-nos uma visão de como Deus programou a vida de cada um de nós, para que afastemos de nós a ideia errada que muitos temos de que estamos neste mundo para sofrer. Embora nós chamemos, em nossas orações, a este mundo como um "vale de lágrimas", isto não está de acordo com o plano do Criador, que deixou-nos escrito na Bíblia que criou o mundo como um grande jardim com todas as coisas que nós precisamos, onde todos nós encontremos um lugar para viver em paz, e, usando da nossa inteligência e de todas as qualidades que Dele recebemos, cuidemos bem dele para que todos nós possamos ser felizes. Para isto, Jesus manifestou-se transfigurado para Pedro, Tiago e João. 

São Pedro faz referência a este fato (2Pd. 1,16-19), dizendo: "Ele recebeu honra e glória de parte de Deus Pai, quando no seio da esplêndida glória se fez ouvir aquela voz que dizia: 'Este é o meu Filho bem-amado, no qual ponho o meu bem-querer. Esta voz, nós a ouvimos, vinda do céu, quando estávamos com Ele no monte santo. E assim se nos tornou ainda mais firme a palavra da profecia, que fazeis bem de ter diante dos olhos, como lâmpada que brilha em lugar escuro, até clarear o dia e levantar-se a estrela da manhã em vossos corações". Aqui começa a mensagem da Transfiguração do Senhor. 

São Mateus (Mt 17,1-9) conta-nos o acontecimento: "Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, e os levou a um lugar à parte, sobre uma alta montanha. E foi transfigurado diante deles; o seu rosto brilhou como o sol e as suas roupas ficaram brancas que nem a luz. Nisto apareceram Moisés e Elias, conversando com Jesus. Então Pedro tomou a palavra e disse: 'Senhor, é bom ficarmos aqui. Se queres, vou fazer aqui três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias'. Pedro ainda estava falando quando uma nuvem luminosa os cobriu com sua sombra. E da nuvem uma voz dizia: 'Este é o meu Filho amado, no qual eu pus todo o meu agrado. Escutai-o'. Quando ouviram isso, os discípulos ficaram muito assustados e caíram com o rosto em terra. Jesus se aproximou, tocou neles e disse: 'Levantai-vos e na tenhais medo'. Descendo da montanha, Jesus ordenou-lhes: 'Não conteis a ninguém essa visão ate que o Filho do homem tenha ressuscitado dos mortos". 

Transfigurando-se como homem, Jesus quer demonstrar-nos que o Pai não quer a ninguém desfigurado pelo pecado, e sim que todos vivamos transfigurados pela paz, fruto da justiça. Com a presença de Moisés e de Elias, deseja que entendamos que só a Palavra de Deus nos transfigura, mas conseguiremos sua plenitude depois da nossa morte. E disto, nós temos certeza absoluta, depois que Jesus ressuscitou e quis que todos os seus discípulos continuassem convivendo com Ele até subir para o céu. 

Monsenhor Antonio